BLOG MONTELONGO
Olhares para Fafe
12
Set 15

Opinião de Carlos Rui Abreu no editorial do jornal Notícias de Fafe:

 

Passou mais um ano sobre a elevação de Fafe à categoria de cidade e, mais uma vez, a data passou em branco. Em branco não porque, a bem da verdade, a data foi assinalada em diversas plataformas nas redes sociais. O próprio município, no Facebook, assinalou a data.

Pouco, muito pouco, para uma data que devia dizer muito mais aos fafenses. Tenho-me batido neste espaço de opinião pela necessidade que acho que existe em Fafe de se valorizarem símbolos e datas marcantes e, com elas, exaltar esse dom que é ser de Fafe. E há tantas e tantas coisas que se poderiam aproveitar para atingir esse objectivo mas que vão passando à margem das prioridades de que tem obrigação de as promover.

O 23 de Agosto devia merecer de todos uma maior atenção e, na minha opinião, a solução até nem era muito dispendiosa e elaborada. Porque não aproveitar a presença de milhares de emigrantes fafenses por cá e promover uma mostra de produtos locais, um debate/conferência não partidarizado com personalidades concelhias que desse para 'pensar a cidade', dar palco a grupos fafenses, no fundo exaltar o sentimento de pertencer a Fafe.

Tantas vezes se fala do mesmo e...nada!

Continuam a perder-se oportunidades de potenciação de símbolos e datas, outras vão-se adulterando mas no essencial não conseguimos acompanhar o bairrismo de outros nossos vizinhos. Há poucos anos chegou a discutir-se em Assembleia Municipal a adopção um 'hino oficial', a canção até já existe há décadas. Tudo ficou em banho-maria.

Reflexo.JPG

Não seria bonito adpotar de vez a canção como hino de Fafe e ensiná-la nas escolas básicas? Não seria bonito e um acto de 'fafismo' fazer ecoar a canção numa pequena cerimónia de hastear da bandeira no feriado municipal e no dia 23 de Agosto?

Não tivemos batalhas medievais, não festejamos um qualquer santo popular, nem temos outras datas que dariam para outros festins mediáticos. Mas temos as nossas e devemos ter orgulho nelas.

Neste caso da elevação a cidade até seria uma forma de agradecer a quem lutou para que fosse uma realidade e já não está entre nós.

Ainda tenho esperança que em 2016, como se assinala a data 'redonda' do 30 aniversário que a elevação a cidade não seja esquecida.

Precisamos de viver mais as nossas datas e símbolos mas acho que isso só entende quem verdadeiramente é de Fafe e...sente Fafe.

 

Hino de Fafe:

 

publicado por blogmontelongo às 18:00
pesquisar neste blog
 
Contacto
blogmontelongo@sapo.pt
comentários recentes
morar num prédio é lixo!!! leva-se com todos os ba...
e na Trofa, também!
Obrigada "h" pela atenção. Já se corrigiu o erro.
Seria importante que as escolas não encerrassem an...
http://www.scoop.it/t/explore-minho/p/4024462499/2...
Da me a ideia que o senhor anda fugido de fafe. Ma...
Realmente a ligação à ruralidade tem vindo a perde...
Certíssimo caro Luís. Não há nenhuma relação com n...
Daquilo que me apercebi é que este novo blog "roub...
Bom dia AlbertoA minha ideia e manter o blog plura...
Mensagens
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Farmácia de Serivço

blogs SAPO