BLOG MONTELONGO
Olhares para Fafe
29
Nov 14

Opinião de José Ribeiro em entrevista à FafeTv:

 

Foi um erro abandonar a ideia do novo hospital, do acordo feito com o governo anterior. Espero que a Câmara reclame a devida indemnização do governo, por perdas e danos, porque há um protocolo assinado. Há gastos que a Câmara já teve e deve reclamar o seu pagamento por parte do governo.

Há partes do hospital que não respeitam, sequer, a lei da edificação.

 

Eu acho positiva a intenção que é revelada neste Orçamento de afectar a Derrama ao apoio às empresas.

Este executivo mantém os programas sociais que vinham de trás e amplia-os e esse é um aspecto positivo do orçamento para o próximo ano.

Acho muito positivo também que não haja aumento de taxas e de impostos, IMI, Derrama, IRS. Eu acho que é esse o caminho que tem de ser seguido.

 

Ribeiro.jpg

publicado por blogmontelongo às 18:00
12
Nov 14

Opinião de Ricardo Gonçalves no seu blog:

Nos últimos dias foi conhecido e aprovado o orçamento municipal de 2015, instrumento que a Câmara de Fafe propõe para nos governar.
 
Em 2 anos o orçamento da autarquia "encolheu" quase 20 % e a decisão do executivo, na linha do que se vinha fazendo, de devolver parte do IRS pago pelos fafenses e da aplicação da taxa de IMI mais baixa contribuem, também, para essa menor receita. Ainda assim, o executivo acredita que pode fazer mais e melhor com menos dinheiro ( a redução em relação a 2014 não é significativa) colocando o enfoque na área social que vê a sua importância reforçada. 
 
A descentralização será reforçada com um crescimento significativo da transferência para as freguesias algo que, à partida, me parece muito positivo. Parte das atenções estarão viradas para o que estes autarcas vão fazer com este reforço de verbas. Até porque da avaliação da sua acção poderá resultar um aumento gradual do seu orçamento anual.
 
Muito da "capacidade de fazer" deste ano vai estar dependente das verbas comunitárias e esse poderá ser o verdadeiro entrave ao salto qualitativo que todos desejamos e cujo controlo escapa por completo ao executivo e, pessoalmente, vejo muito difícil que se traduza em resultados já em 2015.
 
A aposta na economia com o desenvolvimento das zonas industriais parece-me correcta e, desde já, lanço o alerta para não se repetirem as trapalhadas com a zona industrial do Socorro e com o início da de Arões. Para que as vantagens cheguem às empresas e por uma questão de transparência porque há muita coisa nebulosa no que foi feito até aqui.
 
O gabinete de apoio ao empresário, promessa eleitoral, demora a arrancar e ao que julgo saber muito por força da falta de recursos humanos qualificados para o constituírem. Esta poderá ser uma ferramenta deveras importante e gostaria de a ver no terreno com a força que, em meu entender, deveria ter.

 

publicado por blogmontelongo às 18:00
25
Out 14

Declarações do Presidente da Câmara, Raúl Cunha, publicadas no jornal Notícias de Fafe:

 

Tenho sentido por parte do PS um apoio formal sem nenhuma dúvida. Nunca notei nenhum reparo, nem resistência e o partido tem-nos suportado. Sinto que não é um apoio entusiástico, como eu gostava, mas formalmente tem sido impecável.

 

A Câmara tem umas contas equilibradas, em dia, não tem dívidas a fornecedores embora tenha um ou outro assunto que está pendente. Os três assuntos maiores, problemas que já se arrastam há muitos anos, e que estamos a tentar resolver como comprar as 15 casas que faltam da Urb. José Saramago, estamos convencidos que rapidamente fica resolvido. Temos a questão dos terrenos da Escola de Arões e o Arquivo Municipal. São os assuntos mais pesados que herdamos.

 

Estes processos estão encaminhados e não pesaram ainda no orçamento e espero que sejam resolvidos. É certo que vão pesar no próximo mas não são engulho no dia-a-dia. O maior engulho é mesmo a lei das finanças locais, a diminuição das transferências do Estado, isso é que cria dificuldades.

10708688_714122345335760_7659874559256480386_o.jpg

 

publicado por blogmontelongo às 18:00
22
Out 14

Opinião de Alberto Alves (Independentes por Fafe) no jornal Notícias de Fafe:

 

Não pode o presidente da Câmara nem o Partido Socialista esquerem os resultados do último ato eleitoral; não podem sobretudo esquecer que o povo de Fafe votou de uma forma muito expressiva e convincente no programa dos IPF (Independentes por Fafe), colocando o Movimento IPF na segunda posição, apenas a cinco votos do Partido Socialista (que venceu). Daí que a representação dos IPF é muito significativa e o povo quer e exige respeito pela sua opinião de voto.

 

A propósito do Plano e Orçamento da Câmara Municipal para 2015, parece-me oportuno que, aquando da sua elaboração, se pense na revisão da Tabela de Taxas, sobretudo no que confere à Derrama e ao IRS.

Sobre a derrama e no sentido de atrair a fixação de empresas no concelho e a necessidade de se promover a criação de postos de trabalho e com isso combater o desemprego, seria bom que fosse fixada a taxa zero para 2015.

No que ao IRS respeita a alterção possível estaria no facto do município prescindir da participação variável dos 5%.

publicado por blogmontelongo às 18:00
pesquisar neste blog
 
Contacto
blogmontelongo@sapo.pt
comentários recentes
morar num prédio é lixo!!! leva-se com todos os ba...
e na Trofa, também!
Obrigada "h" pela atenção. Já se corrigiu o erro.
Seria importante que as escolas não encerrassem an...
http://www.scoop.it/t/explore-minho/p/4024462499/2...
Da me a ideia que o senhor anda fugido de fafe. Ma...
Realmente a ligação à ruralidade tem vindo a perde...
Certíssimo caro Luís. Não há nenhuma relação com n...
Daquilo que me apercebi é que este novo blog "roub...
Bom dia AlbertoA minha ideia e manter o blog plura...
Mensagens
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Farmácia de Serivço

blogs SAPO