BLOG MONTELONGO
Olhares para Fafe
26
Nov 14

Declarações ao jornal Notícias de Fafe de Maria das Dores João (Provedora da Santa Casa da Misericórdia de Fafe) sobre o hospital:

 

O financiamento está garantido pelo próprio acordo e será pelo próprio serviço. Foi-nos dado um plafond para fazer um determinado número de serviços, mensalmente será pago 90% desses serviços e no final do ano o restante.

Quem for contratado já sabe que vai ser assim. Em todo o lado há quem ganhe mais e quem ganhe menos e mal de nós se as pessoas só vão para lá por causa do dinheiro e sem querer que a organização onde trabalham funcione.

Vamos enterrar tudo o que se passou e pensar no futuro. Vamos ver o que dá.

Está feito o inventário e o acordo estabelece um prazo para que tudo seja restituido sem qualquer tipo de problemas. Vai ser tudo verificado e se houver problemas alguém superior intercederá. Mas o acordo foi feito de forma a evitar problemas futuros e como toda a gente está de boa vontade tudo vai correr bem.

Temos a consciência que são precisas obras mas temos a promessa de que seremos ajudados por fundos comunitários.

Vamos devagar, mas firmes, para que daqui a uns anos tenhamos um bom hospital mas a população tem de se convencer que foram 11 anos a deteriorar-se e não será de um dia para o outro que tudo ficará bem.

NF09012013 Provedora St casa IMG_9800 rdc.jpg

 

publicado por blogmontelongo às 18:00
pesquisar neste blog
 
Contacto
blogmontelongo@sapo.pt
comentários recentes
morar num prédio é lixo!!! leva-se com todos os ba...
e na Trofa, também!
Obrigada "h" pela atenção. Já se corrigiu o erro.
Seria importante que as escolas não encerrassem an...
http://www.scoop.it/t/explore-minho/p/4024462499/2...
Da me a ideia que o senhor anda fugido de fafe. Ma...
Realmente a ligação à ruralidade tem vindo a perde...
Certíssimo caro Luís. Não há nenhuma relação com n...
Daquilo que me apercebi é que este novo blog "roub...
Bom dia AlbertoA minha ideia e manter o blog plura...
Mensagens
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Farmácia de Serivço

blogs SAPO