BLOG MONTELONGO
Olhares para Fafe
21
Abr 18

Opinião de José Adelino, Presidente de Junta da União de Freguesias de Aboim,Felgueiras, Gontim e Pedraído publicada em "Antero Barbosa - Fafe Sempre":

 

Um problema com que se debatem as freguesias mais afastadas da sede do concelho e em particular a minha união de freguesias de Aboim, Felgueiras, Gontim e Pedraído, que nos últimos 50 anos viu a sua população residente diminuir para menos de metade. Muitos foram os fatores que contribuíram para essa desertificação, mas neste que é o meu primeiro artigo de opinião para o semanário Notícias de Fafe em representação do Movimento Fafe Sempre, aproveito esta ocasião para tecer aqui algumas considerações.

No que à minha união de freguesias diz respeito, o envelhecimento da população é o principal fator de preocupação, procurando combater a solidão, tem vindo a Junta de Freguesia a proporcionar há 4 anos atividades lúdicas com os idosos dois dias por semana, de há 1 ano para cá arrancou também o centro de convívio que neste momento funciona um dia por semana em articulação com a Cruz Vermelha e ainda cuidados de enfermagem, que devido à distancia entre as populações e por forma a abranger um maior número de pessoas se desenvolve quinzenalmente em cinco locais da freguesia, nomeadamente nos edifícios das sedes das freguesias unidas, e também no lugar da Lagoa numa sala cedida pela Irmandade da Srª. das Neves. No que diz respeito a Junta, o executivo tem procurado investir no bem-estar da população.

Que politicas levar a cabo para combater a desertificação, como criar condições que permitam a fixação de pessoas em zonas mais desfavorecidas?

É necessário promover politicas de fixação que passem por benefícios em taxas de discriminação positiva para residentes em zonas rurais desfavorecidas em sede de IRS, Segurança Social, isenção de taxas moderadoras no acesso aos cuidados de saúde, descontos nos transportes públicos, apoios à reabilitação de habitações degredadas, isenção de pagamento de taxas de licenciamento, redução do preço da energia elétrica, água. Muito mais haveria para falar sobre este assunto e muitas medidas que postas em prática teriam custos muito menores que aqueles que todos estamos a suportar com o sistema financeiro.

A Nível Municipal é necessário que a Câmara invista na freguesia parte das receitas geradas pela produção de energia eólica no melhoramento do pavimento das estradas municipais, pois estão bastante degradadas, sendo um dos desabafos dos residentes que diariamente convivem com os incómodos e tirando os proprietários onde as mesmas estão implantadas, não beneficiam das receitas geradas.

Por último, não podia, sendo uma freguesia maioritariamente florestal, não falar relativamente às limpezas florestais que é o assunto do momento. É com agrado que verifico que mesmo com condições atmosféricas adversas, e mesmo depois do bom senso demonstrado pelo governo no prolongamento prazo de limpeza de 15 de março para 31 de maio, que as pessoas estão a cumprir e a limpar os seus terrenos e em grande parte para além do que a lei exige.

fafe interiror aboim pedraido adelino

 



publicado por blogmontelongo às 18:00
pesquisar neste blog
 
Contacto
blogmontelongo@sapo.pt
comentários recentes
e na Trofa, também!
Obrigada "h" pela atenção. Já se corrigiu o erro.
Seria importante que as escolas não encerrassem an...
http://www.scoop.it/t/explore-minho/p/4024462499/2...
Da me a ideia que o senhor anda fugido de fafe. Ma...
Realmente a ligação à ruralidade tem vindo a perde...
Certíssimo caro Luís. Não há nenhuma relação com n...
Daquilo que me apercebi é que este novo blog "roub...
Bom dia AlbertoA minha ideia e manter o blog plura...
Eu faço parte daqueles, que no Verão passado se in...



Mensagens
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Farmácia de Serivço



blogs SAPO