BLOG MONTELONGO
Olhares para Fafe
09
Set 15

Opinião de Alberto Alves, Independentes por Fafe, no jornal Notícias de Fafe:

 

Através do "Notícias de Fafe" da passa semana, ficamos a saber que o acordo ou proposta ou lá o que quer que seja, que havia sido estabelecido entre o ministério da Administração Interna e a Câmara Municipal de Fafe, sobre a instalação de um destacamento da GNR, em Fafe, não vai ser cumprido.

Uma vez mais ficamos "despojados" de serviços que, na realidade, iriam contribuir para a afirmação do concelho em matéria de segurança tão importantes como sejam o Núcleo de Investigação Criminal e o Serviço de Proteção da Natureza.

O Presidente da Câmara a quem a informação do NF ainda não tinha chegado, lá vai afirmando que espera que seja "cumprido o que foi acordado e que se encontra legislado" e se surgirem alterações também será de bom tom que a autarquia seja ouvida.

Espanta-me esta mudança por parte do poder decisor nacional! Ou talvez não me espante tanto assim!...

Está em cima da mesa um investimento de mais de dois milhões de euros (1,9 milhões assegurados pelo ministério que tutela as polícias a que acresce os terrenos cedidos e da responsabilidade da autarquia fafense).

Foi programado e projetado um edifício para receber um contingente da GNR mais alargado de elementos, de acordo com as novas valências a instalar, no âmbito dos serviços que aquela força de segurança presta às populações.

O que irá resultar com a "viragem" na decisão? Naturalmente a não ocupação da totalidade das instalações do edifício programado para o efeito.

Então para quê uma obra daquelas? Os estudos foram mal calculados? Não se justifica um destacamento da GNR em Fafe e só agora com o edifício em fase de acabamento é que se concluiu isso?

quartel_gnr.jpg

O dinheiro disponibilizado pelo ministério da Administração Interna, resulta dos impostos sobre o nosso trabalho. Não é dinheiro fácil. Logo, tem de ser criteriosamente gerido e aplicado. Se é certo que o maior bolo do investimento cabe ao ministério da Administração Interna, não é menos verdade que a Câmara Municipal de Fafe cumpriu com o que lhe foi pedido e sempre mostrou abertura nas "negociações" então realizadas, numa aposta firme na defesa dos interesses que melhor serviam Fafe e a comunidade fafense.

O grande prejudicado é a comunidade fafense, que parece ser só ouvida e considerada importante pelos políticos nacionais, quando é preciso colocar nas urnas o voto. Depois admiram-se pelo crescente número das abstenções...

publicado por blogmontelongo às 18:00
pesquisar neste blog
 
Contacto
blogmontelongo@sapo.pt
comentários recentes
e na Trofa, também!
Obrigada "h" pela atenção. Já se corrigiu o erro.
Seria importante que as escolas não encerrassem an...
http://www.scoop.it/t/explore-minho/p/4024462499/2...
Da me a ideia que o senhor anda fugido de fafe. Ma...
Realmente a ligação à ruralidade tem vindo a perde...
Certíssimo caro Luís. Não há nenhuma relação com n...
Daquilo que me apercebi é que este novo blog "roub...
Bom dia AlbertoA minha ideia e manter o blog plura...
Eu faço parte daqueles, que no Verão passado se in...
Mensagens
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Farmácia de Serivço

blogs SAPO