BLOG MONTELONGO
Olhares para Fafe
20
Abr 16

Opinião de José Baptista publicada no jornal Expresso de Fafe:

 

Nos dois últimos anos os fafenses têm assistido a uma nova forma de olhar a Proteção Animal por parte do Município. A proteção animal passou a ser uma prioridade. Área onde se tem vindo a investir de forma sustentada e criteriosa, sendo a promoção do bem-estar animal e a sensibilização da população para esta temática uma preocupação permanente. Fruto da falta de políticas dos executivos anteriores no combate ao abandono animal,a que se juntou a crise económica, levaram a que o número de animais abandonados no nosso concelho tivesse aumentado significativamente. Exemplo disso, são os 184 animais recolhidos vivos no ano de 2015 pelos serviços municipais, a que se juntaram 69 animais recolhidos mortos na via pública. Estes resultados apenas foram possíveis devido à existência de uma equipa de proteção animal dedicada e exclusiva, liderada pelo veterinário municipal, a qual foi devidamente formada e apetrechada. Atualmente, o trabalho que tem sido feito em Fafe nesta matéria começa a ser replicado e imitado em concelhos vizinhos, que frequentemente nos visitam e tiram dúvidas sobre os procedimentos adotados, facto que nos deve deixar orgulhosos.

 

O encaminhamento de tão elevado número de animais para o canil municipal tem levado a que este centro de recolha se mantenha permanentemente superlotado. Sendo o canil de Fafe, um espaço que promove a adoção responsável e não o abate, resulta que a sua gestão diária se torne complicada e onerosa. Esta difícil gestão do canil municipal, apenas tem sido possível graças ao excelente trabalho que a Associação de Defesa dos Direitos dos Animais e Floresta (ADDAF) tem vindo a fazer, saliento aqui as várias campanhas de recolha de alimentos e de adoção levadas a cabo que resultaram em 288 animais adotados no ano de 2015. Obviamente que é urgente um novo canil municipal, estando o projeto já pronto a avançar, apenas condicionado à definição do local adequado. Desta forma, melhorando o espaço físico, será possível assegurar ainda melhores condições de salubridade e bem-estar animal.

 

O combate ao abandono tem de continuar de forma firme e persistente. Apesar disso, há necessidade de implementar novas políticas que visem estancar o crescimento da população de cães e gatos, evitando a proliferação de ninhadas indesejáveis que irão levar ao aumento do número dos abandonos a curto prazo. Atualmente, o município de Fafe tem em fase de preparação um programa que brevemente será apresentado à população, que tem como objetivos principais a esterilização obrigatória de todos os animais que derem entrada no canil municipal e proporcionar apoios aos munícipes com recursos limitados com vista àesterilização dos animais que possuem e que por vezes são a sua única companhia. Só assim, com uma forte campanha de esterilização será possível a médio prazo limitar de forma definitiva este problema. Nenhum programa terá sucesso sem a colaboração de todos, é importante informar a população acerca da realidade dos abandonos e dos benefícios da esterilização dos animais de companhia. Todos devemos contribuir para este esclarecimento, afinal de contas todos ficamos a ganhar.

Jose Baptista Fafe

 


publicado por blogmontelongo às 18:00
Temas: , ,
comentários recentes
Obrigada "h" pela atenção. Já se corrigiu o erro.
Seria importante que as escolas não encerrassem an...
http://www.scoop.it/t/explore-minho/p/4024462499/2...
Da me a ideia que o senhor anda fugido de fafe. Ma...
Realmente a ligação à ruralidade tem vindo a perde...
Certíssimo caro Luís. Não há nenhuma relação com n...
Daquilo que me apercebi é que este novo blog "roub...
Bom dia AlbertoA minha ideia e manter o blog plura...
Eu faço parte daqueles, que no Verão passado se in...
Teste. Obrigado pelos comentários.
pesquisar neste blog
 




Contacto
blogmontelongo@sapo.pt
Mensagens
Na agenda:


Blog Montelongo


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Farmácia de Serivço




blogs SAPO