BLOG MONTELONGO
Olhares para Fafe
23
Ago 17

Opinião de Ricardo Gonçalves publcada no seu blog:

 

Este fim de semana, por causa de um pedido de colaboração de um amigo meu, revisitei os programas eleitorais que PS, PSD e IPF apresentaram aos eleitores em 2013.
 
Começo a minha apreciação pelo do PS que teve a responsabilidade principal na governação do município ao longo destes 4 anos. O programa era minimalista, próprio de quem estava habituado a ganhar eleições com "serviços mínimos". Ainda assim, com uma imagem e estrutura diferentes do habitual, as ideias principais foram apresentadas de forma muito genérica e permito-me concluir que se manteve muitas das coisas boas que vinham da gestão anterior e se lançaram projectos novos, principalmente na área da animação e da comunicação. Algumas coisas ficaram por fazer e algumas delas (como o Gabinete de apoio ao Investidor ou a proximidade entre os serviços e os cidadãos).
 
Grande bandeira da intervenção do PSD na governação do município será o encerramento de alguns processos "encravados" durante anos. A revisão do PDM, a resolução do problema do edifício da "Sacor" e do "Royal Center" (neste caso ainda não há qualquer efeito visível). Uma grande bandeira também é simbolizada pelo trabalho na área da energia e do bem-estar animal caindo muitas críticas por parte do ex-vereador do pelouro, José Baptista pela paragem do processo que alega ter deixado pronto a arrancar. Outras propostas do PSD caíram no esquecimento mas também não esqueçamos que não era a força mais representada no executivo.
 
O programa que os IPF apresentaram em 2013 era um autêntico "testamento" e impossível de concretizar. Quer porque a uma linha do programa corresponde uma dotação de recursos (financeiros, técnicos, físicos, humanos, etc.) quer, ainda, porque muitas dessas linhas não eram competência específica do município. Ressalvando que os IPF não tiveram (excepto nesta ponta final de mandato) funções executivas mas que votaram favoravelmente Orçamentos e Planos do executivo será um assentimento da parte destes para com as opções tomadas.
 
Assim, não deverá ser de esperar grandes reparos à governação dos últimos 4 anos, excepto da parte do movimento "Fafe Sempre" que deverá tomar como exemplo os anteriores mandatos que Antero Barbosa integrou. Ainda não são conhecidas as propostas que os partidos e movimentos independentes apresentam a este acto eleitoral e Fafe ficaria a ganhar se disso resultasse um grande debate de ideias.Até porque os argumentos que têm surgido são estéreis e não aguentam muito mais tempo. Também não são conhecidas equipas das diversas listas mas a qualidade  dos homens e mulheres que acompanham o cabeça-de-lista são importantíssimas porque não há super-homens.

Programas eleitorais fafe


publicado por blogmontelongo às 18:00
comentários recentes
Obrigada "h" pela atenção. Já se corrigiu o erro.
Seria importante que as escolas não encerrassem an...
http://www.scoop.it/t/explore-minho/p/4024462499/2...
Da me a ideia que o senhor anda fugido de fafe. Ma...
Realmente a ligação à ruralidade tem vindo a perde...
Certíssimo caro Luís. Não há nenhuma relação com n...
Daquilo que me apercebi é que este novo blog "roub...
Bom dia AlbertoA minha ideia e manter o blog plura...
Eu faço parte daqueles, que no Verão passado se in...
Teste. Obrigado pelos comentários.
pesquisar neste blog
 




Contacto
blogmontelongo@sapo.pt
Mensagens
Na agenda:


Blog Montelongo


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Farmácia de Serivço




blogs SAPO