BLOG MONTELONGO
Olhares para Fafe
09
Abr 16

Opinião de Manuel Barros publicada no jornal Povo de Fafe:

 

Ao abrigo do programa de poupança energética, a Câmara Municipal mandou, há alguns anos atrás, inutilizar um número exagerado de luminárias nas várias ruas e artérias da cidade, mormente na periferia. Para agravar a situação, há candeeiros com lâmpadas fundidas que a EDP, embora instada, vezes sem fim, não liga patavina às solicitações para a respetiva substituição. Um desleixo total desta entidade!...

Esta situação de poupança já tem tempo suficiente para ser repensada e revertida. Com os novos avanços tecnológicos na área energética, justifica-se  a reposição da iluminação pública onde a mesma foi eliminada, substituindo, se assim for entendido, as atuais lâmpadas incandescentes pela LED, cujos gastos são significativamente muito mais reduzidos.

Já tem sido objeto de contestação o facto da iluminação pública ser bastante precária na cidade, ao invés do que acontece nas aldeias, pelo que tal situação poderá ser aproveitada para fins voltados para o ilícito cujas consequências causam receios às pessoas que obrigatoriamente calcorreiam durante a noite as ruas e ruelas da cidade, além de prevenção de possíveis assaltos às habitações cujos efeitos são sempre imprevisíveis e tantas vezes com consequências irreparáveis...


publicado por blogmontelongo às 18:00
comentários recentes
Obrigada "h" pela atenção. Já se corrigiu o erro.
Seria importante que as escolas não encerrassem an...
http://www.scoop.it/t/explore-minho/p/4024462499/2...
Da me a ideia que o senhor anda fugido de fafe. Ma...
Realmente a ligação à ruralidade tem vindo a perde...
Certíssimo caro Luís. Não há nenhuma relação com n...
Daquilo que me apercebi é que este novo blog "roub...
Bom dia AlbertoA minha ideia e manter o blog plura...
Eu faço parte daqueles, que no Verão passado se in...
Teste. Obrigado pelos comentários.
pesquisar neste blog
 




Contacto
blogmontelongo@sapo.pt
Mensagens
Na agenda:


Blog Montelongo


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Farmácia de Serivço




blogs SAPO