BLOG MONTELONGO
Olhares para Fafe
21
Jan 17

Opinião de Alberto Alves, IPF, no jornal Notícias de Fafe:

 

     Ainda que estejamos a largos meses das eleições autárquicas, os movimentos que se notam e as decisões que se conhecem, mostram à evidência que já "cheira" a pré-campanha.

     De facto, o trabalho que tem sido feito – e falo apenas de Fafe – vai-nos dando conta da procura, em todas as nossas freguesias, das individualidades melhor colocadas para serem os putativos candidatos às presidências das respetivas Juntas de Freguesia. Todas as forças políticas vão dizendo que há muitos contactos feitos e, até, processos já concluídos.
     Por outro lado, ainda que as certezas se resumam a incertezas, vai-se dizendo e até proclamando, candidatos à presidência da Câmara Municipal.
     Tal como é do conhecimento público, a concelhia de Fafe do Partido Socialista, escolheu – por votação maioritária – o Dr. Antero Barbosa para ser o seu candidato. O próprio já manifestou publicamente a sua disponibilidade e “vontade” para ser candidato.
     Porém, parece ser claro que a vontade do PS nacional é a recandidatura do Dr. Raul Cunha. O próprio já manifestou publicamente a sua disponibilidade e vontade.
Pois bem: as recentes decisões dos órgãos nacionais do Partido Socialista no que refere às candidaturas para as autarquias (leia-se Câmaras Municipais), vieram confirmar, para quem ainda tinha dúvidas, sobre quem superentende nesta matéria.

fafe

     Ou me engano muito ou vamos ter um forte braço de ferro entre o Dr. José Ribeiro e a Comissão Nacional; ou então o presidente da Concelhia do PS vai ter de engolir cobras e lagartos e aceitar a “imposição” do PS nacional.
      Seja como for, são notórias as divergências em torno do candidato à Câmara Municipal e isso é o elemento mais significativo e o exemplo mais eloquente da divisão que se não pode esconder – de um lado os que querem o Dr. Antero Barbosa, e do outro aqueles que apoiam o Dr. Raul Cunha.
     Um imbróglio de difícil resolução (ou aceitação, se quisermos) que acabará por desacreditar o próprio Partido.
     De facto, fazendo deliberadamente ou não o “jogo” da Comissão Nacional, contrariando de forma propositada ou não a estratégia da Comissão Política Local, o certo é que um setor e outro se “digladiam” e demonstram a falta de unidade no seio do PS Local.


publicado por blogmontelongo às 18:00
comentários recentes
Obrigada "h" pela atenção. Já se corrigiu o erro.
Seria importante que as escolas não encerrassem an...
http://www.scoop.it/t/explore-minho/p/4024462499/2...
Da me a ideia que o senhor anda fugido de fafe. Ma...
Realmente a ligação à ruralidade tem vindo a perde...
Certíssimo caro Luís. Não há nenhuma relação com n...
Daquilo que me apercebi é que este novo blog "roub...
Bom dia AlbertoA minha ideia e manter o blog plura...
Eu faço parte daqueles, que no Verão passado se in...
Teste. Obrigado pelos comentários.
pesquisar neste blog
 




Contacto
blogmontelongo@sapo.pt
Mensagens
Na agenda:


Blog Montelongo


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Farmácia de Serivço




blogs SAPO