BLOG MONTELONGO
Olhares para Fafe
26
Nov 16

Opinião de Gil Soares na revista Factos de Fafe:

 

     A "Feira Velha", hoje designada de Praça Mártires do Fascismo, é o resultante de um conjunto de elementos, ao longo dos tempos, que ciraram funções e desenvolveram funcionalidades no espaço.

     Desta forma, estamos a admitir o papel relevante que os elementos morfológicos desempenharam na construção deste espaço urbano e, por isso, potenciadores de novas dinâmicas espaciais.

     O Jornal " O Povo de Fafe", em 1912, fazia referência á praça: "Pretende-se que o largo da Feira-Velha, a cuja regularização se anda procedendo por obra e graça de uma boa dose de patriotismo de certa pessoa, seja um dos mais bonitos largos da villa".

     Há mais de um século que a sua importância é destacada e torna-se crucial, nos próximos anos, a requalificação de todo aquele espaço, que é o mais importante da nossa cidade e que, atualmente, está relegado a um deprimente parque de estacionamento como cartão-de-visita para quem chega ao centro de Fafe.

     Primeiro temos de perceber que a definição de praça nos remete para " um lugar público e amplo, geralmente rodeado de edifícios onde desembocam várias ruas". Neste caso, pela sua disposição na malha urbana e, estando ladeada a nascente pelos Paços do Concelho, assume essa definição e importância.

     Num dos meus artigos anteriores dei a opinião de como seria importante requalificar o espaço da Estação até à Feira Velha, ligando ao Parque da Cidade e na transição serem criados espaços desportivos.

     A Praça Mártires do Fascismo assume, naturalmente, essa ligação na malha urbana, podendo assumir-se como uma praça monumental e continuidade do Parque da Cidade ao centro da cidade.

     Na minha opinião esta praça deve primar pela simplicidade do traço e a criação de espaços verdes pois, com o passar do tempo, tanto o edifício como a vegetação têm uma posição forte na hierarquia morfológica e visual da cidade. Deve ser criado uma escadaria imponente, que vença o desnível, disposta frontalmente ao edifício da C.M. de Fafe e assegurar condições para a mobilidade reduzida.

Fafe arquitectura praça

      A criação de um parque de estacionamento subterrâneo seria primordial, pois permitiria que a cidade continuasse a ter essa valência, em questões de mobilidade. Ao centro da praça o monumento da "Justiça de Fafe". Sendo o símbolo caracterizador de Fafe, este monumento deve ser localizado no espaço urbano de maior importância e visibilidade.

     Em suma, a Praça Mártires do Fascimo é o mais importante espaço da cidade e deve (continuar) a ser prioridade na agenda política. Deve tornar-se num palco de grandes eventos e de vivências. A sua importância não deve ser descurada...


publicado por blogmontelongo às 18:00
comentários recentes
Obrigada "h" pela atenção. Já se corrigiu o erro.
Seria importante que as escolas não encerrassem an...
http://www.scoop.it/t/explore-minho/p/4024462499/2...
Da me a ideia que o senhor anda fugido de fafe. Ma...
Realmente a ligação à ruralidade tem vindo a perde...
Certíssimo caro Luís. Não há nenhuma relação com n...
Daquilo que me apercebi é que este novo blog "roub...
Bom dia AlbertoA minha ideia e manter o blog plura...
Eu faço parte daqueles, que no Verão passado se in...
Teste. Obrigado pelos comentários.
pesquisar neste blog
 




Contacto
blogmontelongo@sapo.pt
Mensagens
Na agenda:


Blog Montelongo


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Farmácia de Serivço




blogs SAPO